Realidade Aumentada e Realidade Virtual? Qual a diferença?


Embora os termos sejam bem parecidos ainda causam muita confusão na cabeça de quem ouve falar. Cada tecnologia sendo ela realidade aumentada e realidade virtual oferece uma experiência diferente da outra. A Realidade Virtual permite a imersão do usuário para dentro de um ambiente virtual, com o uso de um óculos específico e em alguns casos, um joystick ou controlador. Já a realidade aumentada traz elementos gráficos para o mundo real como conteúdos digitais, objetos virtuais e informações, através de um celular, tablet ou câmera (webcam).

Como funcionam?

Realidade Aumentada: A câmera do dispositivo (seja um celular ou tablet), faz a leitura de um objeto real (uma imagem ou superfície) que é interpretado por um software e projeta o conteúdo virtual no local programado no software. Na tela do dispositivo é projetado o material virtual junto ao ambiente capturado pela câmera. Ou seja, imagens em tempo real são capturadas e combinadas com animações, causando assim o efeito de realidade aumentada.

Realidade Virtual: Para que o usuário consiga usufruir da tecnologia, em primeiro lugar são necessários dispositivos de VR que são constituídos por basicamente três componentes principais: um computador, um smartphone ou equipamento de visualização que ficará preso na frente dos olhos. Em alguns casos é possível também encontrar dispositivos de controle que atuam em conjunto com o software. A experiência multissensorial "engana" a mente do usuário e o faz acreditar estar em um ambiente imersivo.

Tecnologia e suas aplicações:

O lançamento do jogo Pokémon Go deu destaque ao uso da realidade aumentada nos países onde foi lançado, assim como o Google Glass. Que disponibiliza informações como músicas, mapas e previsão de tempo a quem o utiliza através da realidade aumentada.

A multinacional sueca IKEA do ramo de varejo de itens domésticos de baixo custo, disponibiliza experiência de realidade aumentada em um aplicativo de celular, para que os clientes possam projetar os moveis em tamanho real, sendo assim visualizar como eles ficam no local antes de finalizar a compra. A possibilidade de visualizar o móvel dentro de casa como se fosse real, aumenta as chances de vendas.

O mercado de realidade aumentada no Brasil ainda está em fase de crescimento, portanto hoje, poucas empresas nos mais diversos segmentos optam em investir suas fichas na nova tecnologia, mesmo sendo uma tendência que irá crescer muito no futuro próximo. O pilar disso é a crença de ser caro demais. Porém, há aquelas que carregam em seu DNA uma atitude ousada, como é o caso da Levi's que no decorrer de sua história sempre optou por campanhas inusitadas e criativas. Ela nos procurou e supreendeu seus franqueados no lançamento da nova coleção, fazendo com que seus franqueados pudessem interagir com uma personagem virtual antes do desfile oficial. Os presentes puderam visualizar através do Dropview uma modelo em tamanho real virtual, sendo assim um dos primeiros desfiles virtuais do mundo, com o uso da tecnologia.

Outras áreas têm aproveitado dos benefícios da RA, como a publicidade, que é o caso do Burguer King, que fez uma campanha de marketing de guerrilha, aonde é possível "queimar" anúncios do restaurante concorrente, o McDonald's, através de um aplicativo. Outras grandes marcas como Nike, Amazon, Apple, Google, Samsung, Coca-Cola, montadoras de carros já utilizaram a tecnologia para impactar na experiência de seus consumidores.


A realidade virtual possui bastante presença no mercado dos games, mas não se restringe apenas a este nicho. Existem aplicativos que usam desta tecnologia para levar experiências únicas aos aos usuários, como por exemplo o Google Street View, que permite explorar o mundo sem sair de casa. O sucesso da interação foi tão grande, que tempos depois de seu lançamento, o adaptaram para uso com óculos de VR, sendo possível ir a diversos lugares, sem sair do lugar. A tecnologia funciona perfeitamente para experiências imersivas, funcionando até para tratamentos médicos de fobias, simuladores de cirurgias, treinamentos de pilotos, capacitação facilitando e barateando

A realidade virtual permite que você pilote uma aeronave, prove roupas, nade entre tubarões ou até mesmo pise na lua. Tanto uma quanto a outra tecnologia, possui uma infinidade de possibilidades que tendem a crescer ainda mais nos próximos anos e o limite é a criatividade.

Curtiu saber sobre essas tecnologias? Se inscreva em nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades. Nos mandem sugestões, dicas, curiosidades ou o que vocês gostariam de saber!

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square

DROPVIEW é um produto da agência RBW Comunicação

(11) 3666 - 2189

Solicite uma campanha teste

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social

Copyright © 2018 | DROPVIEW - Todos os direitos reservados.